Solenidade do Nascimento de São João Batista (Primo de Jesus)

Comemoramos hoje São João Batista. São João era filho de Zacarias, um sacerdote do templo, e de Santa Isabel, prima de Maria. A mãe de João era idosa e nunca tinha engravidado, todos a tinham como estéril. Mas o anjo apareceu a Zacarias e anunciou que Isabel teria um filho e que este deveria se chamar João.
São João foi consagrado a Deus desde o ventre materno. João Batista batizava o povo. Daí ser chamado de Batista, ou seja, aquele que batiza.

São João Batista é muito importante no Novo Testamento, pois ele foi o percursor de Jesus, anunciou a sua vinda e a salvação que Jesus traria a todos. João era a voz que gritava no deserto e anunciava a chegada do Salvador.
Quando São João ficou adulto, percebeu que chegara a sua hora. Então foi morar no deserto para rezar, fazer sacrifícios e pregar para que as pessoas se arrependessem. Vivendo uma vida extremamente difícil e com muita oração, passou a ser conhecido como profeta, homem enviado por Deus. Multidões sempre iam ver as suas pregações no Rio Jordão. Ele sempre anunciava a vinda de Jesus.

Por causa do seu carisma, algumas vezes o povo pensou que São João era o Messias. Mas ele sempre dizia: “Eu não sou o Cristo, não sou digno nem de desatar a correia de suas sandálias (Jo 1-27).”
Quando Jesus foi ao encontro de João Batista para ser batizado, São João disse: “Eu é que devo ser batizado por ti, e tu vens a mim (MT 3-14)?” Mas Jesus confirmou e São João Batista batizou Jesus. Assim Jesus começava a sua vida pública.

Nas pregações de São João ele não poupava o rei Herodes. João denunciava a vida adúltera do rei e a vida desregrada dele em seu governo.

Em seu evangelho São Marcos narra que Salomé, filha de Herodíades, a concubina de Herodes, dançou para ele em uma festa. O rei ficou deslumbrado com ela e disse que daria tudo o que ela lhe pedisse. Então Salomé foi falar com sua mãe, que pede a cabeça de João Batista numa bandeja. E assim foi feito.

São João Batista é o primeiro mártir da Igreja, e o último dos profetas. Sua festa é celebrada dia 24 de junho. Apenas São João e Nossa Senhora são comemorados no dia do nascimento. Ele é venerado como profeta, santo e mártir. Sua representação é mostrada batizando Jesus e segurando um bastão em forma de cruz.

São João é conhecido como santo festeiro, e nesse dia são realizadas muitas festas, conhecidas como “festas juninas”.
Existem duas possíveis explicações para a origem da festa. A primeira, pelo fato das comemorações ocorrerem no mês de junho. E a segunda afirma ser uma homenagem direta a São João. Seja qual for o real motivo da festa, podemos dizer que é uma festa “arretada de boa”.

Nós, da Comunidade Católica Transfiguração, temos um apreço muito grande por São João, e nossa vida nos recorda a dele, quando largamos tudo para seguir Jesus, para anunciar a sua palavra.

Que possamos, assim como São João Batista, entregar nossas vidas inteiramente a Jesus, sem medo de nos doarmos e, se preciso for, morremos por Ele!
Que Deus nos abençoe!

Por: Cláudia Brusamarello