Santo do Dia

Padroeira da Irlanda junto com São Patrício e São Columbus é também conhecida como Brígida de Kildare. Nasceu em Faughart perto de Dundarlk na Irlanda por volta do ano 450. Seu pai era Dubhthach, um chefe do vilarejo de Leinster e sua mãe eram Brocca, uma escrava da corte. Ambos foram batizados por São Patrício. Após se instalar com outras sete mulheres no sopé da colina de Groghan Hill, Brígida seguiu São Mel para Meath em 468, mas em 470, voltou e fundou o duplo monastério de Cill-Dara, em Kildare. Tornou-se Abadessa da comunidade, a primeira da Irlanda, e começou a construção de uma catedral e um centro de aprendizado e espiritualidade. Brígida fundou ainda a uma escola de arte e ficou famosa pelos seus iluminados manuscritos especialmente "o Livro de Kildare". Chamada a "Maria de Gaels", Brígida demonstrou uma extraordinária vida religiosa, interminável compaixão e um vigor para espalhar a fé. Morreu em Kildare em 25 de fevereiro de 525 e foi enterrada em Downpatrick com São Columbus e São Patrício. A sua túnica teria sido dada a Gunhilda, irmã do Rei Harold II e estaria no Santuário de São Donatian em Gruges, Bélgica. Uma relíquia do seu sapato está no museu de Dublin. Em 1283 três cavaleiros levaram sua cabeça para a Terra Santa, mas eles morreram em Lumiar, perto de Lisboa, onde uma igreja contem um Santuário com sua cabeça em uma Capela especial.

 

Frases de Santa Brígida (clique para gerar a imagem)