Pular para o conteúdo

Liturgia Diária


5ª-FEIRA DA 15ª SEMANA - TEMPO COMUM

Despertai, cantai louvores, vós que jazeis no pó!
Leitura do Livro do Profeta Isaías 26, 7-9. 12. 16-19
O caminho do justo é reto, e tu ainda aplainas a estrada ao justo.
Sim, no caminho dos teus juízos esperamos em ti, Senhor; para o teu nome e para a tua memória volta-se o nosso desejo.
Quando vem a noite anseia por ti a minh'alma e com a força do espírito te procuro no meu íntimo. Quando brilharem na terra teus juízos, os habitantes do mundo aprenderão a ser justos.
Senhor, hás de dar-nos a paz, como nos deste a mão em nossos trabalhos.
Senhor, eles a ti recorreram na angústia; exageraram na superstição, e veio-lhes o teu castigo.
Como a mulher grávida, ao aproximar-se o parto geme e chora em suas dores, assim nós, Senhor, em tua presença.
Concebemos e sofremos dores de parto, e o que geramos foi vento. Não demos à terra frutos de salvação, não fizemos nascer habitantes para o mundo.
Reviverão os teus mortos e se levantarão também os meus mortos. Despertai, cantai louvores, vós que jazeis no pó! Senhor, é orvalho de luz o teu orvalho, e a terra trará à luz os falecidos.
Palavra do Senhor.
O Senhor olhou a terra do alto céu.
Mas vós, Senhor, permaneceis eternamente, / de geração em geração sereis lembrado!Levantai-vos, tende pena de Sião, já é tempo de mostrar misericórdia!Pois vossos servos têm amor aos seus escombros / e sentem compaixão de sua ruína.
R.
As nações respeitarão o vosso nome, / e os reis de toda a terra, a vossa glória; quando o Senhor reconstruir Jerusalém / e aparecer com gloriosa majestade, ele ouvirá a oração dos oprimidos / e não desprezará a sua prece.
R.
Para as futuras gerações se escreva isto, / e um povo novo a ser criado louve a Deus. Ele inclinou-se de seu templo nas alturas, / e o Senhor olhou a terra do alto céu, para os gemidos dos cativos escutar / e da morte libertar os condenados.
R.
Vinde a mim todos vós que estais cansados.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 11, 28-30
Naquele tempo, tomou Jesus a palavra e disse:
Vinde a mim todos vós que estais cansados e fatigados sob o peso dos vossos fardos, e eu vos darei descanso.
Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração, e vós encontrareis descanso.
Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve.
Palavra da Salvação.

SÃO CAMILO DE LELLIS, PRESB. - SANTORAL

Também nós devemos dar a vida pelos irmãos.
Leitura da Primeira Carta de São João 3, 14-18
Caríssimos:
Nós sabemos que passamos da morte para a vida, porque amamos os irmãos. Quem não ama, permanece na morte.
Todo aquele que odeia o seu irmão é um homicida. E vós sabeis que nenhum homicida conserva a vida eterna dentro de si.
Nisto conhecemos o amor: Jesus deu a sua vida por nós. Portanto, também nós devemos dar a vida pelos irmãos.
Se alguém possui riquezas neste mundo e vê o seu irmão passar necessidade, mas, diante dele fecha o seu coração, como pode o amor de Deus permanecer nele?
Filhinhos, não amemos só com palavras e de boca, mas com ações e de verdade!
Palavra do Senhor.
É feliz quem respeita o Senhor!
Ou: Aleluia, Aleluia, Aleluia.
Feliz o homem que respeita o Senhor / e que ama com carinho a sua lei!Sua descendência será forte sobre a terra, / abençoada a geração dos homens retos!
R.
Haverá glória e riqueza em sua casa, / e permanece para sempre o bem que fez. Ele é correto, generoso e compassivo, / como luz brilha nas trevas para os justos.
R.
Feliz o homem caridoso e prestativo, / que resolve seus negócios com justiça. Porque jamais vacilará o homem reto, / sua lembrança permanece eternamente! Ele não teme receber notícias más.
R.
Confiando em Deus, seu coração está seguro. Seu coração está tranqüilo e nada teme, / e confusos há de ver seus inimigos.
R.
Ele reparte com os pobres os seus bens, / permanece para sempre o bem que fez, / e crescerão a sua glória e seu pode
R.
Ninguém tem maior amor do que
aquele que dá a vida pelos amigos
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João 15, 9-17
Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos:
Como meu Pai me amou, assim também eu vos amei. Permanecei no meu amor.
Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor, assim como eu guardei os mandamentos do meu Pai e permaneço no seu amor.
Eu eu vos disse isto, para que a minha alegria esteja em vós e a vossa alegria seja plena.
Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros, assim como eu vos amei.
Ninguém tem amor maior do que aquele que dá sua vida pelos amigos.
Vós sois meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando.
Já não vos chamo servos, pois o servo não sabe o que faz o seu senhor. Eu vos chamo amigos, porque vos dei a conhecer tudo o que ouvi de meu Pai.
Não fostes vós que me escolhestes, mas fui eu que vos escolhi e vos designei para irdes e para que produzais fruto e o vosso fruto permaneça. O que então pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo concederá.
Isto é o que vos ordeno: amai-vos uns aos outros.
Palavra da Salvação.