Pular para o conteúdo

Liturgia Diária


SÁBADO DA 10ª SEMANA - TEMPO COMUM

Eliseu levantou-se e seguiu Elias.
Leitura do Primeiro Livro dos Reis 19, 19-21
Naqueles dias:
O profeta Elias partiu dali e encontrou Eliseu, filho de Safat, lavrando a terra com doze juntas de bois; e ele mesmo conduzia a última. Elias, ao passar perto de Eliseu, lançou sobre ele o seu manto.
Então Eliseu deixou os bois e correu atrás de Elias, dizendo: 'Deixa-me primeiro ir beijar meu pai e minha mãe, depois te seguirei'. Elias respondeu: 'Vai e volta! Pois o que te fiz eu?
Ele retirou-se, tomou a junta de bois e os imolou. Com a madeira do arado e da canga assou a carne e deu de comer à sua gente. Depois levantou-se, seguiu Elias e pôs-se ao seu serviço.
Palavra do Senhor.
O Senhor é a porção da minha herança.
Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio! Digo ao Senhor: 'Somente vós sois meu Senhor. Ó Senhor, sois minha herança e minha taça, / meu destino está seguro em vossas Mãos!
R.
Eu bendigo o Senhor, que me aconselha, / e até de noite me adverte o coração. Tenho sempre o Senhor ante meus olhos, / pois se o tenho a meu lado não vacilo.
R.
Eis por que meu coração está em festa, / minha alma rejubila de alegria, / e até meu corpo no repouso está tranqüilo; pois não haveis de me deixar entregue à morte, / nem vosso amigo conhecer a corrupção.
R.
Eu vos digo: não jureis de modo algum.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 5, 33-37
Naquele tempo, disse Jesus aos seus díscipulos:
Vós ouvistes o que foi dito aos antigos: 'Não jurarás falso', mas'cumprirás os teus juramentos feitos ao Senhor'.
Eu, porém, vos digo: Não jureis de modo algum: nem pelo céu, porque é o trono de Deus;
nem pela terra, porque é o suporte onde apóia os seus pés; nem por Jerusalém, porque é a cidade do Grande Rei.
Não jures tão pouco pela tua cabeça, porque tu não podes tornar branco ou preto um só fio de cabelo.
Seja o vosso'sim': 'Sim', e o vosso'não': 'Não'. Tudo o que for além disso vem do Maligno.
Palavra da Salvação.

SÃO BARNABÉ, APÓSTOLO - SANTORAL

Barnabé era um homem bom,
cheio do Espírito Santo e de fé.
Leitura dos Atos dos Apóstolos 11, 21b-26; 13, 1-3
Naqueles dias,
Muitas pessoas acreditaram no Evangelho e se converteram ao Senhor.
A notícia chegou aos ouvidos da Igreja que estava em Jerusalém. Então enviaram Barnabé até Antioquia.
Quando Barnabé chegou e viu a graça que Deus havia concedido, ficou muito alegre e exortou a todos para que permanecessem fiéis ao Senhor, com firmeza de coração.
É que ele era um homem bom, cheio do Espírito Santo e de fé. E uma grande multidão aderiu ao Senhor.
Então Barnabé partiu para Tarso, à procura de Saulo.
Tendo encontrado Saulo, levou-o a Antioquia. Passaram um ano inteiro trabalhando juntos naquela Igreja, e instruíram uma numerosa multidão. Em Antioquia os discípulos foram, pela primeira vez, chamados com o nome de cristãos.
Na igreja de Antioquia, havia profetas e doutores. Eram eles: Barnabé, Simeão, chamado o Negro, Lúcio de Cirene, Manaém, que fora criado junto com Herodes, e Saulo.
Um dia, enquanto celebravam a liturgia, em honra do Senhor, e jejuavam, o Espírito Santo disse: 'Separai para mim Barnabé e Saulo, a fim de fazerem o trabalho para o qual eu os chamei'.
Então eles jejuaram e rezaram, impuseram as mãos sobre Barnabé e Saulo, e deixaram-nos partir.
Palavra do Senhor.
O Senhor fez conhecer seu poder salvador perante as nações.
Cantai ao Senhor Deus um canto novo, / porque ele fez prodígios! / Sua mão e o seu braço forte e santo / alcançaram-lhe a vitória.
R.
O Senhor fez conhecer a salvação, / e às nações, sua justiça; recordou o seu amor sempre fiel pela casa de Israel.
R.
Os confins do universo contemplaram a salvação do nosso Deus. Aclamai o Senhor Deus, ó terra inteira, / alegrai-vos e exultai!
R.
Cantai salmos ao Senhor ao som da harpa / e da cítara suave!Aclamai, com os clarins e as trombetas, / ao Senhor, o nosso Rei!
R.
De graça recebestes, de graça deveis dar!
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 10, 7-13
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
'Em vosso caminho, anunciai: `O Reino dos Céus está próximo'.
Curai os doentes, ressuscitai os mortos, purificai os leprosos, expulsai os demônios. De graça recebestes, de graça deveis dar!
Não leveis ouro nem prata nem dinheiro nos vossos cintos;
nem sacola para o caminho, nem duas túnicas nem sandálias nem bastão, porque o operário tem direito ao seu sustento.
Em qualquer cidade ou povoado onde entrardes, informai-vos para saber quem ali seja digno. Hospedai-vos com ele até a vossa partida.
Ao entrardes numa casa, saudai-a.
Se a casa for digna, desça sobre ela a vossa paz; se ela não for digna, volte para vós a vossa paz.
Palavra da Salvação.