Maio de Maria, Maio das mães

 

Maio é uma data muito importante para nós católicos, comemoramos não apenas o dia das mães, mas também o mês dedicado a Maria, mãe de Jesus e nossa mãe. Maria foi um exemplo de serva, de mulher, de esposa e de mãe. Uma jovem com talvez tantos sonhos e projetos, e que se entrega a vontade de Deus. Um sim que mudou a sua e as nossas vidas. Maria é para nós mulheres alguém que nos espelhamos, a sua humildade, o seu silêncio, a sua fé.

Como mãe na história da vida de Jesus teve um papel fundamental para o seu crescimento. Ela esteve presente em todos os momentos, muitas vezes com seu coração apertado, com seu coração transpassado de dor, como na apresentação de Jesus no templo já anunciaria o profeta. Maria ensinou Jesus caminhar, Jesus falar, ergueu Ele de suas quedas quando criança.

Quanta emoção para o coração de uma mãe ver o ser gerado em seu ventre crescendo em graça e sabedoria. Mal sabia ela a dor que viria sentir anos após. Quanta tristeza ver seu único filho sendo entregue a morte. Maria por sua obediência, fé e fidelidade não teve medo em aceitar a missão de ser a mãe do Salvador. Assim, também Deus chama cada mulher a aceitar a missão de ser mãe, a missão de cuidar e zelar por seus filhos. E ao aceitar essa missão, passamos por experiências que Maria em toda a sua humanidade também viveu. O próprio papa João Paulo || citou Maria na carta para as mulheres como a maior mãe de todas.

E como Maria viveu com intensidade cada virtude, nós mães devemos também buscar compreender o mistério que existe em cada uma delas. Tendo Fé e Esperança nos momentos difíceis, sendo misericordiosa quando for preciso, ser humilde e acima de tudo amar, em toda e qualquer circunstâncias, pois é isso que Maria nos ensina e pede. Ser mãe é amar, e muitas renunciar a si mesma, as suas vontades, para atender as vontades de seus filhos. E se doar inteiramente aos seus filhos, assim como Maria fez. Que você mãe possa assim como Maria, dar diariamente o seu sim, e viver com amor e intensidade a essa vocação que fostes escolhida.

Por: Claudia Brusamarello